"Olá, eu sou a Alice!"
Fale por aqui com a
nossa Assistente Digital

Este Natal aqueça a sua casa de forma segura

17 Dezembro 18   |   132

A chegada das estações frias leva-nos a aquecer as casas para que estejamos mais confortáveis, e quem sabe ligar a lareira na época natalícia para também reacender o espírito da quadra. No entanto, a utilização de aparelhos de aquecimento com recurso à eletricidade (aquecedores elétricos) ou combustão (lareiras, fornos a lenha, aquecedores a gás), exigem determinados cuidados no âmbito da segurança da qualidade do ar no interior das habitações. O risco de incêndio e de queimaduras, assim como o risco de intoxicação por monóxido de carbono são preocupações associadas ao uso destes equipamentos.

Perigo de queimaduras e incêndio

Queimaduras por contacto com os aparelhos de aquecimento ou contacto direto com as chamas podem colocar em risco a vida humana e animal. Para prevenir incêndios e queimaduras, deve:

  • Manter uma área de segurança circundante ao equipamento, vedando o acesso às crianças
  • Verificar o equipamento antes de o usar
  • Usar equipamento adequado para manipular o combustível utilizado
  • Afastar cortinas, atoalhados, objetos de madeira e produtos inflamáveis do equipamento
  • Utilizar tela de proteção na lareira
  • Verificar se as tomadas elétricas estão danificadas
  • Não cobrir aquecedores eléctricos com cobertores ou lençóis
  • Não utilizar aquecedores elétricos para secar roupa
Perigo de intoxicação por monóxido de carbono

O Monóxido de Carbono (CO) é um gás tóxico que se produz quando a combustão é feita de forma incompleta, sem oxigénio suficiente. Pode acontecer com qualquer combustível, como o gás (natural, propano, butano), lenha ou carvão, entre outros.
É um gás silencioso por ser incolor, sem cheiro e sem gosto. Quando em concentrações elevadas, pode provocar consequências prejudiciais à saúde humana ou até a morte.
As elevadas concentrações de monóxido de carbono podem advir da sua acumulação excessiva em espaços fechados. Esta acumulação pode ser provocada por:

  • Ausência de ventilação
  • Pobre manutenção dos extratores como chaminés ou condutas de exaustão
  • Equipamentos de aquecimento que funcionam por combustão, quando instalados incorretamente ou quando estão em avaria
Sinais e Sintomas de intoxicação por monóxido de carbono
  • Cansaço
  • Dores de cabeça
  • Tonturas
  • Náuseas
  • Vómitos
  • Convulsões
  • Perda de consciência
No caso de intoxicação:
  • Se possível corte o fluxo de gás ou desligue os aparelhos que podem estar na origem do acidente
  • Areje o local
  • Abandone o local ou evacue a vítima do local
  • Contacte o CIAV - Centro de Informação Antivenenos 808 250 143 ou ligue 112


Se está de boa saúde e quando entra em casa sente um cansaço inexplicável e mal-estar, pode estar a sofrer de intoxicação por Monóxido de Carbono.

Para prevenir intoxicação por monóxido de carbono, deve:
  • Realizar uma manutenção preventiva anual aos seus equipamentos de combustão, através de empresas certificadas
  • Manter a casa arejada, ventilando a área onde se encontra o aparelho de aquecimento
  • Realizar manutenção/limpeza periódica das condutas de exaustão/chaminé – Verificar se estão desobstruídas
  • Colocar leitor de níveis de Monóxido de Carbono junto do aparelho das fontes de queima
  • Nunca ligue aparelhos com recurso à combustão em espaços fechados
  • Nunca deixe os aparelhos a combustão ligados enquanto está a dormir. Quando a funcionar, estes equipamentos devem ser vigiados

O facto de nos isolarmos devido às condições climatéricas, de convivermos em locais confinados e fechados, sem ventilação, proporcionam também a propagação de vírus e bactérias, assim como ao agravamento de alergias.
Este Natal, aqueça a sua casa de forma segura mantendo a qualidade do ar. Proteja a sua família.


Referências Bibliográficas:

  • Longo, Cecília - Evite o Monóxido de carbono, https://repositorio.hff.min-saude.pt/bitstream/10400.10/616/1/evite_o_monoxido_carbono.pdf
  • Ministério Saúde, INEM, 2018 - https://www.inem.pt/2018/01/05/intoxicacoes-por-monoxido-de-carbono-um-perigo-invisivel/
  • Direção Geral de Saúde, 2018 - Plano De Contingência Saúde Sazonal – Módulo Inverno, Lisboa
  • Direção-Geral de Energia e Geologia, 2007 - Monóxido de Carbono.

Jorge Furtado
01 Agosto 2019
Agradeço e retribuo os votos de Feliz Natal e Bom Ano Novo enviados pela equipa da Cintramédica.
Para além da simpática iniciativa dos votos, achei extremamente útil terem explicado, duma maneira muito clara quais os principais perigos do aquecimento de uma casa devido ao frio, bem como os possíveis acidentes consequentes, como os prevenir e detectar.
Estão de parabéns :)