"Olá, eu sou a Alice!"
Fale por aqui com a
nossa Assistente Digital

O frio pode ser sinónimo de gripe, previna-se já!

25 Janeiro 22   |   902
A gripe é uma doença causada por vírus e pode facilmente ser transmitida através de partículas de saliva de pessoas contaminadas. A tosse e os espirros são os principais veículos transmissores, assim como o contacto com superfícies e mãos contaminadas. De forma a evitar o contágio, deve tomar algumas medidas de prevenção que ajudem a minimizar o risco de ficar doente.
Medidas de prevenção:
  • Tome a vacina contra a gripe e pneumonia, principalmente se estiver dentro dos grupos de risco definidos pela DGS
  • Evite estar perto de pessoas doentes
  • Se tiver que tratar de doentes com gripe use máscara cirúrgica
  • Lave frequentemente as mãos, com água e sabão ou, em alternativa, desinfete com álcool-gel;
  • Não mexa nos olhos, nariz ou boca sem higienizar as mãos - estas são as vias de entrada dos vírus no nosso organismo
  • Use lenços descartáveis e apenas uma vez
  • Proteja a boca com um lenço ou com o antebraço sempre que espirrar ou tossir, nunca com as mãos
  • Areje a casa e lave as superfícies, com frequência
  • Mantenha hábitos saudáveis: coma e durma bem, pratique exercício físico

Constipação ou Gripe?

Com a chegada do inverno chega o frio, as constipações e a gripe, que em Portugal tem especial incidência nos meses de janeiro e fevereiro. Ambas são doenças respiratórias, mas são provocadas por vírus diferentes. Geralmente a gripe provoca sintomas mais intensos, mais duradouros e pode originar problemas como pneumonia, infeções bacterianas ou internamento hospitalar.
As pessoas com determinadas doenças crónicas ou com 65 ou mais anos de idade são as mais atingidas pelo vírus da gripe e a vacinação diminui o risco de contrair a doença, podendo ajudar a evitar complicações.

Sintomas da Constipação

  • Surgem de forma gradual e são ligeiros
  • Os sintomas limitam-se às vias aéreas superiores: nariz entupido, olhos a lacrimejar, irritação na garganta e dor de cabeça.

Sintomas da Gripe

  • Aparecem de forma súbita
  • Além dos sintomas nas vias aéreas superiores, provoca febre, tosse e dores no corpo
  • Geralmente é uma doença de curta duração e de evolução benigna, com recuperação completa em uma a duas semanas. No entanto, em pessoas idosas e doentes crónicos, a recuperação pode ser mais longa, podendo evoluir para complicações como pneumonia ou descompensação da sua doença de base (cardiaca, pulmonar, diabetes, renal, etc...)

  

O que fazer se estiver com gripe?
  • Fique em casa, em repouso
  • Não se agasalhe demasiado
  • Meça a temperatura ao longo do dia
  • Se tiver febre (Temperatura axilar >38º) pode tomar paracetamol (mesmo as crianças e grávidas)
  • Utilize soro fisiológico para a obstrução nasal
  • Beba muitos líquidos: água e sumos de fruta
  • Não fume, aproveite esta oportunidade para deixar de fumar
  • Se viver sozinho, especialmente se for idoso ou tiver limitações na mobilidade, deve pedir a alguém que lhe telefone regularmente para saber como está
  • Não tome antibióticos sem recomendação médica. Não atuam nas infeções virais, não melhoram os sintomas nem aceleram a cura

 

Deve contactar a linha de saúde 24 (808 24 24 24)
  • Se tiver febre alta e difícil de controlar
  • Se tiver sintomas há mais de 10 dias
  • Se tiver falta de ar ou dor no peito
  • Se tiver doenças pulmonares, como asma ou bronquite crónica
  • Se tiver dúvidas e antes de se dirigir a um serviço de saúde

 
Proteja-se e proteja os seus!


MARQUE A SUA CONSULTA

Artigo revisto por

Carla Sérgio

Médica de Medicina Geral e Familiar