Gasometria



Consulta Anti-tabágica

NOTA: CONSULTA TEMPORATIAMENE INDISPONÍVEL

O tabagismo é considerado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) a principal causa de morte evitável em todo o mundo. A OMS estima que um terço da população mundial adulta seja fumadora. Em Portugal 23% da população é fumadora tendo-se verificado um aumento do consumo por parte das mulheres, em parte devido à associação de uma imagem de modernidade e emancipação.

Tem-se verificado igualmente que os jovens começam a fumar cada vez mais cedo, a maioria experimenta o primeiro cigarro antes de entrar na adolescência. Cerca de 90% das pessoas começa a fumar entre os 15 e os 19 anos!

O fumo do cigarro contém cerca de 4700 substâncias, 60 das quais são cancerígenas. Metade destas acumulam-se nos brônquios e alvéolos pulmunares podendo levar ao aparecimento de mutações genéticas e consequentemente ao cancro do pulmão e também da boca, laringe, faringe, pâncreas, rins, bexiga, colo de útero e esófago. É também reconhecida a associação entre o tabagismo e as doenças cardiovasculares e respiratórias.

O Monóxido de Carbono é muitas vezes apelidado de "assassino invisível". Está presente no ar respirado pelos fumadores, sempre que fumam cigarro, charuto ou cachimbo. Os não-fumadores podem também inalar CO em espaços fechados utilizados por pessoas que fumam. É um gás incolor e inodoro de elevado grau tóxico. Está presente entre 1 a 5% no fumo do tabaco e possui uma afinidade pela hemoglobina 200 vezes superior à do oxigénio. Por esta razão reduz a capacidade de oxigenação dos tecidos e interfere nos sistemas enzimáticos. Aumenta a viscosidade do sangue e provoca lesões nas veias e artérias. Através de um teste, semelhante ao do balão, é possivel medir o nível de CO concentrado nos pulmões dos fumadores e não fumadores.

Não é fácil deixar de fumar. O tabaco é uma substância psicoactiva, isto é, tem efeitos sobre o Sistema Nervoso Central e provoca dependência, quando é utilizado de forma regular. A cessação abrupta do seu consumo,ou a redução significativa da dose de nicotina num fumador crónico, conduz a sintomas de privação (ex.: irritabilidade, ansiedade, insónia, cansaço, desejo compulsivo de fumar e dificuldade de concentração).

Os benefícios imediatos de deixar de fumar são múltiplos e significativos. Ao fim do primeiro dia, a pressão arterial tende a normalizar, os níveis de nicotina baixam para metade e o monóxido de carbono começa a ser eliminado. Ao segundo dia deixa de existir nicotina no organismo e os sentidos do olfacto e paladar melhoram significativamente.A tosse, o catarro e a pieira abrandam, enquanto a função pulmonar regulariza gradualmente nos dias e semanas seguintes. Ainda notará diferença no hálito, cheiro da roupa e no dinheiro que poupará todos os dias! Cerca de cinco anos após ter deixado o tabaco, o risco de desenvolver um enfarte do miocárdio diminui para metade, e ao fim de dez anos esse risco é igual ao do não fumador. O risco de contrair um cancro ou qualquer outra doença directamente relacionada com o tabagismo também diminui gradualmente e todos os dias logo após o seu abandono.

É importante ter a percepção de que voltar a ser um indivíduo "não-fumador" não é apenas um simples acto, mas um processo onde se fazem escolhas e mudanças que alteram o estilo de vida. A Consulta de Desabituação Tabagica é certamente um meio para conseguir esse mesmo objectivo - "uma vida sem fumo".

A Clínica Cintramédica tem plena consciência dos malefícios que fumo provoca na Saúde Pública, e coloca desta forma a Consulta Anti-Tabágica no seu leque de serviços como uma prioridade.

Começe hoje mesmo a deixar de fumar! Marque a sua consulta online


Horário de Consultas

2ª Feira
16h-20h


Acordos Consulta Anti-tabágica

Acordos para consultas 

 ACP
 Advance Care
 Allianz
 CGD
 Future Health Care
 Medicare
 Médis
 Médis CTT
 Multicare
 Multicare PT
 RNA / Servimed
 SAMSQ
 SAMS Sibs
 Sorriso +


Artigos Relacionados:

- Descubra como deixar de fumar em 10 passos


 

MÉDICOS
design binário